Gastronomia e Vinhos

Prove o destino Porto e Norte de Portugal e descubra a qualidade e a originalidade da sua gastronomia e dos seus vinhos, de nível mundial.

O destino Porto e Norte de Portugal é, sem dúvida, um paraíso para os amantes da gastronomia e dos vinhos. A extensa costa com mais de 100 km de extensão de águas limpas oferece marisco e peixe fresco de elevada qualidade. Sabia que pode encontrar nos nossos restaurantes mais de vinte e nove espécies de peixes, cefalópodes, bivalves e crustáceos, todas com uma grande frequência de consumo pelos portugueses? Também para os amantes de carne a região reserva uma diversidade considerável de espécies autóctones. Ao todo poderão encontrar-se 14 espécies de raças DOP/IGP. Também nos enchidos e fumados o Porto e Norte de Portugal apresenta uma paleta de oferta de produtos DOP muito variada da qual consta, por exemplo, a alheira que é produzida exclusivamente nesta região. Nos queijos a região apresenta dois produtos DOP/IGP de referência, o Queijo Terrincho e o Queijo de Cabra Transmontano. A gastronomia distingue-se ainda por produções tão especiais como o mel e o azeite. Sabia que o azeite Porca de Murça foi galardoado com o prémio Prestigio Oro no "6º Concurso Internacional de Aceite de Oliva Extra Virgen – OLIVINUS”? 

O vinho é sem dúvida o produto que tem vindo a captar a atenção do mundo, destacando-se a diversidade e a qualidade dos seus terroirs que se circunscrevem a quatro regiões: Vinho Verde, Douro/Porto, Távora e Varosa e Trás-os-Montes. Aqui se produzem uma variedade impressionante de géneros, desde os vinhos verdes, aos vinhos tranquilos, aos incríveis espumantes que remontam ao séc. XVII com os monges de Cister, e aos vinhos generosos. São exclusivos desta região e de Portugal o Vinho do Porto, produzido na região demarcada e regulamentada mais antiga do mundo – o Douro, que data do séc. XVIII, e o Vinho Verde, com destaque para o Alvarinho, cuja demarcação data de 1908. O Norte de Portugal está vivo e o pulsar da contemporaneidade é reconhecido por instituições internacionais, destacando-se a Wine Spectator que pontuou os seus vinhos no top 4 dos 100 melhores do Mundo. A região está também permanentemente a reinventar-se com novos produtores e novos conceitos. Um dos mais empolgantes é o de "boutique winery” seguido pela Quinta do Vale dos Ares na sub-região de Monção e Melgaço e que consiste na aposta na pequena produção. 

Não poderá terminar a sua incursão pelo universo vinhateiro do Porto e Norte de Portugal sem visitar os espaços onde o vinho é criado – a quinta. Também aqui se conta a história da região. A sua morfologia arquitetónica está em transformação. Sobre o Barroco do séc. XVIII desenvolve-se uma estética contemporânea que reafirma a importância desta região como fonte de inspiração artística e cultural. A Quinta do Portal é um belo exemplo! Aqui, o Arquiteto Álvaro Siza Vieira inaugurou um novo discurso na arquitetura vernacular duriense. Também a nova adega da Quinta da Pedra em Monção é um excelente exemplar de diálogo entre o passado, o presente e o futuro, que se inspira nas Muralhas de Monção. 

As quintas estão atentas às suas necessidades e têm vindo a introduzir novas funções como o alojamento e espaços de prova e venda de vinhos aliada a uma estética cuidada. Exemplos como a Quinta do Vallado, no Peso da Régua, a Quinta da Pacheca, em Lamego, a Quinta de Nossa Sra. do Carmo, em Sabrosa, ou a Quinta do Pêgo em Tabuaço merecem a sua atenção.

Mas a frescura da contemporaneidade pode também ser degustada e este destino é hoje um verdadeiro porto de abrigo de experiências gastronómicas que têm vindo a ser desenvolvidas por uma nova geração de Chefs que encontram nas tradições locais a sua fonte de inspiração. A cidade do Porto foi mesmo considerada um "food and design hub” pelo New York Times.

Não se esqueça de terminar a sua visita à região com uma sobremesa. No Porto e Norte de Portugal a doçaria é sem dúvida uma experiência inesquecível, alternando entre a tradição conventual que remonta ao séc. XV e a contemporaneidade. Também aqui a história escreveu páginas intermináveis de sabores descobertos nos quatro cantos do Mundo que o transportarão para um imaginário longínquo.

Neste destino, onde quer que vá, espera-o uma atmosfera amigável e descontraída!


Itinerário:

  • Onde Ficar?
  • Onde Comer?
  • O que fazer?