Atalaia

Vila Nova de Cerveira
Descrição
Para seguir para o Forte de Atalaia (ou bateria da Mota) será necessário, a meio da subida, abandonarmos a estrada alcatroada, para alguns metros andados num piso de terra batida, pararmos em frente a um fosso, de paredes abruptas e escarpadas que foi fundamente cavado num solo de xisto.
Transposta a pequena ponte sobre o fosso, no meio de uma imensidão de mimosas, ergue-se uma torre circular com uma única porta de acesso em forma de arco apontado. No interior, no parapeito construído em bom granito, abriam-se três canhoeiras assentes em matacães, voltadas ao vale, de modo a cobrir toda e qualquer progressão do inimigo que conseguisse ludibriar a ação defensiva das fortalezas mais postadas junto ao Rio Minho: Vila Nova de Cerveira e Forte de Azevedo, na Breia (Lovelhe). Em termos estruturais era obra de poucos efetivos que se acantonavam no interior do pequeno recinto defendido, sobretudo, pelo fundo fosso seco, no cimo do qual foi erguido um parapeito em pedra e terra que servia para a proteção da infantaria que guarnecia o fortim.
Embora não tenhamos registos escritos, parece-nos que esta bateria é obra da Restauração, mais ou menos simultânea com a construção do Forte de Lovelhe e a adaptação do Livro das Fortalezas de Duarte D’Armas, ela aparece documentada em cartas datadas do século XVIII, conjuntamente com as demais fortalezas do lado português e o forte galego de Goián.

Local: Vila Nova de Cerveira
Residencial STOP

Residencial STOP

RNAL Registo Nº 43250/AL
Mais informação
Quinta das Mineirinhas

Quinta das Mineirinhas

A QUINTA DAS MINEIRINHASA Quinta das Mineirinhas está situada em Vila Nova de Cerveira, junto ao...
Mais informação
Casebre

Casebre

Cozinha Tradicional Especialidades Peixe: Bacalhau à Casa Carne: Cabrito no Forno Doces: Pudim...
Mais informação
Telheiro

Telheiro

Especialidades:   Peixe: Bacalhau na Brasa e à Telheiro Carne: Frango no Churrasco e mãozinha...
Mais informação
Comentários Não existem comentários dos nossos visitantes. Seja o primeiro a comentar.
Avaliar: Faça a sua avaliação