Percursos Pedestres

Moimenta da Beira
Descrição
A implementação da Rede de Percursos Pedestres de Moimenta da Beira, surge no seguimento de um plano integrado que nasceu por um lado como uma ação enquadrável no projecto “O Paiva mais Vivo”, ao abrigo do Programa Operacional – AGRIS, cujo objectivo assentou na valorização do ambiente e património rural da área do Rio Paiva e a sua envolvente mais próxima, e por outro, como forma de contribuição para o enriquecimento do Projecto de Estudo, Promoção e Divulgação das Rotas Culturais de Moimenta da Beira – Rede de Percursos Pedestres candidato ao Programa Leader +, que tem como postulado a criação de uma oferta complementar que favoreça a atratividade do compósito turístico – Turismo Natureza, indicado no Plano Estratégico Nacional de Turismo (PENT) como sendo um produto turístico a desenvolver na NUT II Região Norte que congrega o Pólo Turístico Douro, onde Moimenta da Beira se insere.
É neste contexto que surgem no concelho de Moimenta da Beira três rotas que espelham a diversidade cultural e natural deste território:

Rota do Paiva – PR1
Em Segões tem inicio o percurso pedestre denominado “Rota do Paiva”, que com os seus 21km enquadra-se na rede de Percursos Pedestres de Moimenta da Beira.Tem como espaço central a bacia hidrográfica do rio Paiva, um dos menos poluídos rios da Europa, podendo o visitante contactar com uma extraordinária biodiversidade (aquática e terrestre), bem como ter acesso ao conjunto de pequenos pontos humanizados da paisagem materializados nos campos agricultados, nas edificações de antigamente, na força das suas gentes.
Percorre-se, em parte, pelas margens do Paiva, o rio que segue o seu passo entre o relevo da paisagem, tornando-se numa reserva maravilhosa da natureza e de quem escolheu esta rota para apreciar uma deslumbrante paisagem.
Ao longo do percurso descobre-se o segredo das gentes que por lá moram e labutam, gentes que assumem as suas tradições, no labor do cultivo dos campos e na vivência dos ciclos de vida e das suas colorações matizes. Por estas terras é necessário caminhar, calcorrear e passar pisando com força os trilhos e veredas que encerram em si um maravilhoso mundo onde a ruralidade ainda ganha contornos de genuidade.

Rota da Serra - PR2
É em Peravelha que tem início a “Rota da Serra”, um percurso pedestre de 26,5 km de distância que merece ser percorrido pela diversidade de ambientes que transmite. Encontra-se enquadrada na rede de Percursos Pedestres de Moimenta da Beira da qual constam a “Rota do Paiva” e a Rota do Távora”.
Visita obrigatória em Peravelha é o forno comunitário recentemente recuperado e a igreja matriz do século XVIII. O percurso segue então para Norte entrando na Serra de Leomil. Logo a seguir ao perímetro da aldeia o visitante pode observar as formações rochosas em granito, muitas das quais associadas ao imaginário e à tradição popular das gentes locais.
A rota passa próximo da aldeia de Carapito e segue para Leomil atravessando densos pinhais e o magnifico planalto de onde se avista Moimenta e bacia do rio Távora.
A passagem pela vila de Leomil permite a vivência de uma povoação repleta de história e de monumentos. Daqui o percurso sobe ao ponto mais alto onde a paisagem é fabulosa.
A rota avança pelo planalto da Nave onde se encontra uma das mais importantes necrópoles pré-históricas do país com dezenas de monumentos tumulares do Neolítico e da Idade do Bronze.
O caminho termina onde teve início, em Peravelha.

Rota do Távora PR3
Este percurso tem início no Parque de Campismo da Barragem do Vilar. O tema central que dá o nome é a albufeira da barragem do Vilar. Efetivamente, este lençol de água criado pela barragem permite a observação de uma gama variada de fauna e de flora. A paisagem é deslumbrante e existem ainda ao longo da albufeira vários pontos de lazer que podem apoiar o visitante.
Cerca de metade deste percurso, a metade oeste, atravessa ambientes de pinhal e ambientes humanizados onde o pedestrianista consegue ter um contacto muito próximo com o mundo rural e as principais produções agrícolas do concelho. Aqui vêem-se extensos pomares de macieiras e vinhedos, olivais e pomares de aveleiras. Ainda nesta área a rota passa pelas povoações de Vilar, Vide e Rua. São povoações repletas de história e de alma. De aspecto mais urbano do que as aldeias da Serra, mantém ainda assim uma ruralidade que as caracteriza.
Em termos de património histórico, e em comportamento à história contada pela Rota da Serra, esta rota mostra os vestígios da ocupação romana perpetuados nas diversas lápides funerárias e votivas que se encontram reaproveitadas em construções mais recentes.




Local: Moimenta da Beira
Casas de Campo da Barroca

Casas de Campo da Barroca

As Casas de Campo da Barroca, foram em tempos os típicos casarios da aldeia de Tabosa do...
Mais informação
Quinta de Silvares - Turismo Espaço Rural - Casa de Campo

Quinta de Silvares - Turismo Espaço Rural - Casa de Campo

A Quinta de Silvares está enquadrada no ambiente paradisíaco da paisagem do Vale do Douro, no...
Mais informação
Restaurante Prato Dourado

Restaurante Prato Dourado

Situado no coração da Vila, com um ambiente/ decoração simples, prima pela autenticidade nos...
Mais informação
Pizzaria Pinóquio

Pizzaria Pinóquio

Espaço rústico, com esplanada e parque de estacionamento. Apresenta-nos uma ementa...
Mais informação
Comentários Não existem comentários dos nossos visitantes. Seja o primeiro a comentar.
Avaliar: Faça a sua avaliação