Plataforma das Artes e da Criatividade

Guimarães
Descrição
A Plataforma das Artes e Criatividade é um projeto infraestrutural de transformação do Antigo Mercado de Guimarães num espaço multifuncional, dedicado à atividade artística, cultural e económico-social. Este equipamento aloja uma série de valências e espaços dedicados a três grandes áreas programáticas.
Os Ateliers Emergentes de Apoio à Criatividade são espaços de trabalho vocacionados para jovens criadores que, em diversas áreas de atividade, pretendam desenvolver projetos de caráter temporário, impulsionando uma dinâmica criativa que contagie toda a plataforma. Contém ainda um restaurante/cafetaria, uma livraria e um parque de estacionamento automóvel.
Os Laboratórios Criativos são gabinetes de apoio empresarial destinados ao acolhimento e instalação de atividades relacionadas com as indústrias criativas, apostando na inovação e projetos empreendedores. Preveem-se a criação de espaços utilitários comuns, salas de trabalho e de apoio.
Este equipamento dedica a praça interior do antigo mercado ao usufruto público e a sua extensão ao terreno adjacente, proporcionando à cidade a aquisição efetiva de um espaço público singular e qualificado, com atividades dinâmicas e apelativas e espaços de socialização e vivência comunitária.

Centro Internacional das Artes José de Guimarães

Inaugurado a 24 de junho de 2012, no âmbito de Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura, o Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG) é uma estrutura dedicada à arte contemporânea e às relações que esta tece com artes de outras épocas e diferentes culturas e disciplinas. O CIAJG junta peças das três coleções que José de Guimarães vem reunindo há cerca de cinco décadas – Arte Africana, Arte Pré-Colombiana e Arte Chinesa Antiga –, obras da autoria do artista e de outros artistas contemporâneos e objetos do património popular, religioso e arqueológico, num roteiro espiritual e simbólico que descreve um arco geográfico e temporal que tem origem na sua terra natal – a cidade de Guimarães – e que atravessa civilizações de três continentes com culturas ricas e complexas, para regressar ao lugar de origem, proporcionando uma reflexão sobre a diversidade enquanto forma de construção da identidade. Em suma, o CIAJG funciona como um Atlas, aproximando e relacionando objetos, imagens e ideias de culturas de lugares muito distantes entre si.
O edifício do Centro Internacional das Artes José de Guimarães assume uma linguagem radicalmente diferente, por contraste com a envolvente, quer do ponto de vista da sua expressão e imagem, descontínua e repetitiva, quer pela sucessão de volumes, com cheios e vazios, acentuados pela justaposição de superfícies contrastantes. Esta sucessão de volumes e elementos dissonantes foi originada pela necessidade de criar uma multiplicidade de espaços diferentes nas salas de exposição do CIAJG, criando uma tensão evidente na volumetria do edifício e na relação com o espaço da praça, tornando-se a principal caraterística do seu desenho.


Local: Guimarães
Hotel Mestre de Avis**

Hotel Mestre de Avis**

O Hotel Mestre de Avis é um dos hotéis mais bem localizados de Guimarães. Situado no centro...
Mais informação
S. Mamede Hotel*

S. Mamede Hotel*

O S.Mamede Hotel permite aos seus hospedes uma fabulosa vista panorâmica sobre a maravilhosa...
Mais informação
Lenocas

Lenocas

Lenocas, situado na freguesia de Antime, é um espaço onde está incluído um restaurante e...
Mais informação
Restaurante Cor de Tangerina

Restaurante Cor de Tangerina

A Cor de Tangerina é uma cooperativa multisectorial de serviços que tem como objetivo primordial...
Mais informação
Comentários Não existem comentários dos nossos visitantes. Seja o primeiro a comentar.
Avaliar: Faça a sua avaliação