Quinta da Ponte do Louro

Vila Nova de Famalicão
Disponibilidade
Descrição / Comodidades

Casa do Minho, típica "Casa de Sequeiro", teve origem em meados do século XVIII e adquiriu a forma final em princípios do século XIX.

Todos os quartos são dotados de aquecimento e mobiliário adequado, de forma a proporcionar conforto e bem estar a quem os utilizar.

Todos os aposentos da casa abrem para um pátio coberto, extremamente aprazível, faceando com a eira num ambiente bem característico e integrado.

A envolver a casa existe um jardim romântico decorado com cameleiras seculares e buchos recortados em canteiros. A casa abre-se para uma eira que é envolvida por outros jardins e um amplo terreiro.

Pode-se também desfrutar de um parque relvado com diversas árvores de grande porte, e de uma piscina, tornando o ambiente aprazível e acolhedor. Todo este conjunto é envolvido por uma propriedade agrícola em plena produção, vocacionada para a agro-pecuária.

Esta quinta acolhe o visitante proporcionando-lhe o bucolismo da ruralidade minhota.
Morada: Rua Padre Domingos Joaquim Pereira 1325, 4760-563 Louro
E-mail: mariaazevedo@quintadolouro.com
Telefone: 252375905
Eva

Eva

20 Jan 2022
(sessão Já Não Há Cinéfilos?!, Losey, o exilado)Tyvian Jones é um pseudo-romancista galês que...
175 anos da Fábrica do Rio Vizela

175 anos da Fábrica do Rio Vizela

17 Dez 2021 a 30 Set 2022
Museu da Indústria Têxtil da Bacia do AveExposiçãoA exposição temporária com catálogo "175 anos...
Padaria Pacheco

Padaria Pacheco

A padaria Pacheco tem cerca de 75 anos de tradição. Iniciou-se como padaria, mas nos anos 90...
Mais informação
Restaurante Papas na Língua

Restaurante Papas na Língua

Espaço acolhedor, boa comida, confeccionada com dedicação, atendimento simpático, e único....
Mais informação

ROTA DA OLARIA

A olaria por razões históricas, reflete-se mais na faixa do concelho que se posiciona a nordeste e que contempla as freguesias de Manhente, Galegos S....

CIVIDADE DE TERROSO

Situa-se numa elevação com cerca de 153 m de altitude, onde se regista um longo período de ocupação (séc. VIII a.C. a séc. III d.C.) e que forneceu já...
Comentários Não existem comentários dos nossos visitantes. Seja o primeiro a comentar.
Avaliar: Faça a sua avaliação