Castelo do Castro

Amares
Disponibilidade
Descrição / Comodidades

Nos arrabaldes da cidade de Braga, situa-se a imponente Torre do “Castelo do Castro”, imerso em espesso e secular arvoredo, composto de várias espécies de árvores que o protegem dos olhares exteriores e do bulício cosmopolita dos nossos dias.

O Castelo do Castro é caracterizado pelas suas funções originais da época de construção, considerada como Castro Romano com Guarnição Militar datando a Torre e a sua Muralha do início do Século XII, sendo de Arquitectura Medieval.

A imponente Torre de Castro, em estado impecável de conservação, composta por merlões e matacães, rodeada de fosso defensivo, do qual ainda se notam vestígios e em tempos servida de ponte levadiça, foi pertença da “ Famílias dos Machados, Senhores das Terras de Entre Homem e Cávado”, encontrando-se ainda hoje na posse da mesma Família, vinda de geração em geração!

Na Sua função de habitação e residência, rodeada por terras de produção agrícola e faustosas matas, demonstrando ainda a sua dimensão, foram recuperadas para Turismo as Casas Rurais da Eira e Caseiros, no espaço envolvente da Torre e dentro da muralha, estando os seus espaços exteriores vocacionados para um Turismo calmo, sossegado e familiar, que não deixará, por certo, de atrair o mais distraído passante.


Morada: Av. do Castro, nº 103
E-mail: castelodocastro@castelodocastro.com
Telefone: 967091826
Exposição "Tempo, Espaço & Ser - Território V.N. Famalicão

Exposição "Tempo, Espaço & Ser - Território V.N. Famalicão

02 Jan 2020 a 31 Dez 2024
Casa do TerritórioExposição permanenteA Exposição permanente da Casa do Território, com o título...
Tasquinha Caranga

Tasquinha Caranga

A nossa cozinha à base da diversidade de grelhados, apresenta-se como sendo uma confeção...
Mais informação
Petisqueira da Lage

Petisqueira da Lage

A nossa cozinha, apresenta-se como sendo uma confecção genuinamente caseira e que salvaguarda os...
Mais informação

Centro de Dinamização Artesanal

A Aliança Artesanal surgiu com o objetivo de apoiar as iniciativas de artesãos individuais, dos centros ou cooperativas de artesanato, na perspetiva de...

Citânia de S. Julião

Os indícios levam-nos a crer que a Citânia de S. Julião de Caldelas terá sido habitada desde finais da Idade do Bronze, algures entre os séculos XI e IX...
Comentários Não existem comentários dos nossos visitantes. Seja o primeiro a comentar.
Avaliar: Faça a sua avaliação